Agronegócio Cidade & Região

Em Coromandel, Feira do Cerrado apresentará novidades em tecnologia da gestão da lavoura à colheita da safra

Evento acontece nos dias 3 e 4 de abril, com as principais marcas do agronegócio apresentando novidades que aumentam a produtividade e melhoram o manejo nas lavouras de café

Linhas de crédito mais acessíveis, acesso a operação barter – em que o cafeicultor paga sua compra utilizando do próprio café como moeda de troca -, lançamentos e novidades do mercado, tecnologia digital e negócios com valores mais atraentes e com mais possibilidades de negociação. Todas essas vantagens estarão ao alcance de produtores do Cerrado Mineiro e Alto Paranaíba durante a 4ª edição da Feira do Cerrado (Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas do Cerrado), que acontece nos dias 3 e 4 de abril, em Coromandel.

Com o tema “Tecnologia digital gerando valor à Cafeicultura”, este ano, a feira terá grande foco na inovação e em como a tecnologia digital pode melhorar a rentabilidade, a competitividade e a qualidade de vida do homem do campo. Softwares, produtos, máquinas e equipamentos serão apresentados por 66 expositores, em uma área de 21 mil metros quadrados, sendo 9 mil metros de área coberta que concentrará, ao todo, 72 estandes de fornecedores das mais diferentes áreas, com recursos que vão da gestão e manejo à colheita da safra.

Realizada anualmente pela Cooxupé, a organização busca, a cada edição, inovar com a presença de empresas que possam agregar mais novidade e tecnologia ao cafeicultor, especialmente aos produtores da região de Coromandel, que por ter uma topografia mais plana facilita a mecanização.

Entre os destaques de 2019 para a feira, está a usina solar fotovoltaica – uma solução em geração de energia solar, via placas fotovoltaicas, que também podem ser aplicadas em empreendimentos rurais e cujo investimento pode significar ao produtor mais economia através da geração da própria energia. Uma outra empresa confirmada estará com um estande onde vai realizar a revisão e a aferição dos determinadores de umidade – que precisam estar em perfeito funcionamento pois são fundamentais no processo de garantir a qualidade dos grãos através da medição da quantidade exata de umidade.

Jorge Luis Cecílio, coordenador comercial da Cooxupé, explica que a possibilidade de fazer a revisão na feira é um diferencial e vantagem ao cafeicultor, já que geralmente ele precisa mandar o equipamento para empresas de fora, o que torna a logística mais cara e demorada. “É fundamental que o produtor traga o determinador à feira”, reforça.

A técnica de plasticultura através do uso de mulching na cultura do café (filme plástico para cobertura de solo, que ajuda a reduzir a amplitude térmica e diminuir o surgimento de plantas daninhas) também será uma das novidades.

O estande de nutrição animal da Cooxupé, com produtos também para a pecuária, está confirmado na feira. No local serão apresentando mais de 60 tipos de rações e concentrados para bovinos, equinos, suínos, caprinos, aves de corte e postura, além de suplementos minerais e proteinados.

Como a feira é pensada para receber também toda a família, também estão confirmados setores como o Espaço Kids – área de recreação para crianças, Espaço Beleza – que oferece serviços estéticos, Praças de Alimentação, Empório Cooxupé – com souvenirs e produtos que levam a marca da cooperativa e ainda o Programa Nespresso, com o mais novo produto da Cooxupé, a Máquina de Café Expresso para sachê, apresentada ao público durante a Femagri.

Serviço 
4ª Feira do Cerrado – Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas
Data: 3 e 4 de abril, das 08h00 às 18h00
Cidade: Coromandel/MG
Endereço: Rua João Vieira, 226, Bairro A Sagrada Família | Núcleo Cooxupé

*Entrada e estacionamento gratuitos

Deixe uma resposta