Ciência e Tecnologia

Finalmente foguete é lançado com sucesso da Base de Alcântara

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) realizou com sucesso o lançamento do foguete de sondagem VS-30/Orion ontem às 19h. O foguete voou durante 11 minutos até cair no Oceano Atlântico. Tempo suficiente para testar cinco experimentos científicos. Segundo o CLA, ele atingiu a altitude máxima de 428 km. A campanha foi chamada Operação Mutiti. O VS-30 Orion é uma combinação de tecnologias brasileira e americana, em cooperação com a agência espacial da Alemanha. O foguete tem 8,8 m de comprimento e pesa 1.700 kg.

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte e o Instituto de Aeronáutica e Espaço aproveitam o foguete para testar um GPS, um sistema de localização vis satélite para uso espacial. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais está testando dois dispositivos: um mecânico e outro eletrônico, desenvolvidos para dar mais segurança às operações de lançamento.

“O lançamento do VS-30 V14, a partir do CLA, se mostra de grande importância não só para o desenvolvimento das atividades científicas e tecnológicas do país, por contar com diferentes experimentos embarcados na carga-útil PRS-01, mas ainda por demonstrar a plena capacidade e potencialidade do Centro de Lançamento de Alcântara para suportar e sediar operações complexas e que requeiram infraestrutura diferenciada de acesso ao espaço”, explica o Coordenador-Geral da Operação MUTITI, Coronel Aviador Lester de Abreu Faria.

O lançamento estava previsto inicialmente para ocorrer na noite desta sexta-feira (7), mas os ventos fortes acabaram impedindo a operação, no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão. A equipe responsável pelo projeto informou que, até às 20h40, o tempo não apresentou as condições climáticas favoráveis ao lançamento.

O estudo é resultado de uma cooperação entre Brasil e Alemanha e apóia o projeto de pesquisa “Estudos da ionosfera e alta atmosfera com experimentos embarcados a bordo de foguetes e satélites”, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. O lançamento corresponde ao último estágio da Operação Iguaíba, iniciada dia 19 de novembro, com data de término definida para o dia 14 deste mês. A operação envolve uma equipe de mais de 200 profissionais.

Fonte Homem do Espaço

Deixe uma resposta