Cidade & Região

Alunos do campus UFU de Monte Carmelo continuam com as manifestações

A manifestação dos estudantes da Universidade Federal de Uberlândia do campus Monte Carmelo, continuam nesta quinta-feira (19), as três unidades do campus continuaram fechadas. A manifestação que iniciou no dia (18), ocorreu em frente ao campus Araras, onde os alunos exibiram cartazes e entoaram gritos de guerra com o auxílio de uma bateria para reivindicar seus direitos básicos como estudantes.Por volta de 11:30h do dia (18) chegou ao campus, o Pro Reitor de Planejamento que realizou uma reunião aberta com os alunos. Durante a reunião foram feitos questionamentos sobre transparência na verba destinada aos cursos, laboratórios dos cursos de geologia e engenharia florestal e a atual situação da Universidade Federal De Uberlândia como um todo. Os alunos obtiveram como resposta aos problemas citados, a formação de uma Comissão Emergencial, constituída por dois estudantes dos cursos de Geologia, dois estudantes da Engenharia Florestal, os coordenadores dos dois cursos, o assessor administrativo do campus e um membro da PROGRAD. O Pro Reitor pediu de 10 a 12 dias para a organização da comissão os alunos e salientaram que somente os dois cursos estão participando da manifestação, pois são o que mais enfrentam problemas atualmente.

Após a reunião os alunos continuaram os debates sobre as necessidades do campus e decidiram continuar com o cronograma, ou seja, continuar com a manifestação no campus Araras. No dia (19) durante a manhã, e no período da tarde os alunos percorreram a cidade para que a comunidade, seja informada da atual situação da UFU. Por volta das 15h os manifestaram chegaram a prefeitura e esperam um pronunciamento do prefeito sobre o caso.

Por Débora Gabriela Chagas 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: