Entretenimento

História e Tradição marca a trajetória da Folia de Reis do Corginho

Os Três Reis Magos Belchior, Balthazar e Gaspar partem para uma longa jornada pelo leste, guiados pela estrela de Belém para presentear o menino Jesus que acabara de nascer. A devoção aos Três Magos começou na Idade Média, tendo suas relíquias transladadas no séc. VI desde Constantinopla, Istambul até Milão. Em 1164, com os três já venerados como santos, foram colocados na Catedral da Colônia na Alemanha, onde se encontram até hoje. Em várias partes do mundo há festas e celebrações em honra aos três reis. Trata-se de importantes manifestações culturais e folclóricas no Brasil; e aqui, no meio do Cerrado Mineiro, é elemento de destaque.

Água Emendada, dezembro de 1896, famílias de um pequeno povoado iniciam uma trajetória de fé e devoção, com o objetivo de homenagear os Santos Reis Magos e reproduzir sua caminhada. Naquele momento nascia a Folia de Reis da Capela do Corguinho, uma tradição familiar passada de geração para geração, que se manteve viva e cada vez mais forte.

Há 120 anos atrás, Paulino Mariano, primeiro mestre desta Folia, chamou alguns primos e vizinhos para cantar de casa em casa para louvar os Santos Reis ao som da sanfona, pandeiro e viola. E até hoje louvamos e damos Salve à Mané Carapina, Salve Joaquim Paulino, Antônio Neca, Benedito Paulino, Jeronimo José Borges, Salve salve Antônio Paulino, Benjamim mais conhecido como Beija, Domingos Paulino, Salve Laurentino Borges, e hoje salve Domingos Correia, Oswaldo Severino de Souza, Geraldo Correia de Lima e o atual mestre Argentino Borges.

A região fica no Cerrado Mineiro, entre o município de Estrela do Sul e Monte Carmelo, e a administradora da igreja é Dorica Teodora Borges, com ajuda e doações ela construiu a Capela em honra aos antepassados, a Capela do Corguinho, que por volta de 1980 foi doada como Patrimônio do Vaticano.

então vamos celebrar os Três Reis Magos! Baltazar saiu da África, levando para o menino mirra, um presente ofertado aos profetas. A mirra é um arbusto originário desse país, onde é extraída uma resina para preparação de medicamentos. O presente do rei Gaspar, que partiu da Índia, foi o incenso, como alusão à sua divindade. Os incensos são queimados há milhões de anos para aromatizar os ambientes, espantando insetos e energias negativas, além de representar a fé, a espiritualidade. Melchior ou Belchior partiu da Europa, levando ouro ao Messias, rei dos reis. O ouro simbolizava a nobreza e era oferecido apenas aos deuses. Que todos sigam a sua Estrela, Os Reis Magos ensinam sobre a esperança de encontrar o que nossa estrela nos mostra, não importa de onde a gente venha, o caminho nos levará até a verdade.

Por Miriam Rezende Gonçalves

Deixe um comentário